26/11/2011

CONFERÊNCIA REGIONAL DE MEIO AMBIENTE EM CATALÃO
.
"A geração que aprende
a fazer sustentabilidade"


Maysa Martini, de Campo Alegre, e Aline Ferreira, de Catalão, participaram do subtema Comitê de Bacias Hidrográficas elaborando propostas da Conferência Regional de Meio Ambiente em Catalão. Propostas de vários municípios que serão apresentadas em Goiânia, em março de 2012, na Conferência Estadual de Meio Ambiente
.
.
Secretária Estadual do Meio Ambiente em exercício Jacqueline Vieira da Silva na abertura do evento: "Goiás assume uma posição de destaque na realização dessa conferência. Em junho de 2012 estaremos realizando a Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente que é a Rio+20 e que vai discutir os temas discutidos na conferência em Catalão. Goiás sai na frente e está sendo cumprimentado por essa iniciativa porque não existe nenhum Estado discutindo economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável para a erradicação da pobreza. Nós estamos fazendo essa discussão"
.
Ronam Pires Jacob, de Ouvidor, preenche seu crachá da Conferência Regional de Meio Ambiente em Catalão
.
Secretária Estadual do Meio Ambiente em exercício Jacqueline Vieira: "Temos um caminho grande porque nós não aprendemos a trabalhar com o pensamento do desenvolvimento sustentável. Fomos educados para o consumo, somos educados para o conforto exagerado. Hoje, temos de fazer outro caminho e precisamos contar com nosso esforço, com nossa iniciativa de ir buscar os conhecimentos e sobretudo para essa geração que está vindo. Vamos estar com esse trabalho fortalecendo o trabalho da educação ambiental em todos os níveis, em todos os sentidos, em todos segmentos para que possamos construir o desenvolvimento sustentável"
.
Estradinha na plantação e a reserva legal bem ao lado no município de Catalão. Detalhe interessante é que a chuva de novembro cai ao fundo - importante para a vegetação nativa que pode ser utilizada por meio do agroextrativismo tanto quanto para plantação que produz alimentos e combustível
.
Jacqueline Vieira: "Tudo que formos fazer temos de pensar no mínimo qual será o resultado daqui a 30 anos. Não dá mais para ser uma questão imediatista. Temos de ter paciência conosco mesmo que somos a geração que está aprendendo a fazer a sustentabilidade"
.
Pintura de artista plástico no auditório da Prefeitura de Catalão mostra a cultura do município com as congadas, a agricultura, a cidade e a industrialização com a montagem de automóveis
.
Prefeito de Catalão velomar e a Secretária Estadual do Meio Ambiente em exercício Jacqueline Vieira
.
Detalhe de pintura em vidro martelado da Estação de Trem mostra a cultura e a religião com as congadas de Catalão
.
Maysa Martini recebe certificado de participação na Conferência Regional de Meio Ambiente, em Catalão, de Jackeline Fleury
.
Trilhos do trem de ferro que cortam o Centro de Catalão bem ao lado da feira livre de sexta-feira
.
Professor Laurindo Pedrosa fez palestra de abertura da Conferência Regional de Meio Ambiente em Catalão
.
Pequi em banca na feira ao lado da Prefeitura de Catalão
. Palestra do gestor da Semarh Hugo Leonardo de Araújo
.
Pequi (na feira livre ao lado da linha do trem de ferro em Catalão) já retirado da casca e muito bonito por sinal
.
Professor Laurindo Pedrosa, Roselma Domingues e o diretor do Aterro Sanitário Célio Marzano
.
Sinalização da via férrea no centro de Catalão
. Subtema Resíduos Sólidos elaborando propostas
. Observou que tem um bem-te-vi parado em cima da placa?
. Subtema Bacias Hidrográficas elaborando propostas
. Cerrado antropizado ao lado da estrada
. Subtema Pagamento por Serviços Ambientais - PSA elaborando propostas
. Decoração para o Natal em Catalão
. Equipe de Catalão para distribuição de crachás com o diretor do Aterro Sanitário
. Igreja do Morro São João em Catalão
.
Escolha de delegados para participarem da Conferência Estadual em Goiânia
.
Estação Cornélio Ramos no Centro de Catalão
.
Delegados do município Campo Alegre
.
Estação Cornélio Ramos funciona atualmente como um museu. Em breve veja mais detalhes com uma matéria específica sobre o assunto
.
Delegados escolhidos para participarem da Conferência Estadual em Goiânia em março de 2012
.
Detalhe da cidade com prédios, a via férrea e a feira de sexta-feira durante a manhã. Mas a feira não fica em cima dos trilhos, como em Maceio, no nordeste do Brasil ou na Tailândia, e sim ao lado. Portanto, o trem pode passar várias vezes por dia sem atrapalhar as vendas
.
Só deu homem nessa foto. Equipe da Semarh com os motoristas Martone (calça preta) e Jazon Rodrigues Rosa (azul)
.
Flagrante: papagaio encostou em dois fios de eletricidade acima da via férrea. Os outros dois ficaram curiosos e queriam bicar a vítima. Iam morrer também. Mas alguém na feira jogou uma pedra e eles voaram. Ficou apenas o papagaio que levou o choque
.
Mais um subtema elaborando propostas
. Endereço de uma lanchonete que vende um doce de leite maravilhoso. Nossa, vou ter de voltar a Catalão para comer desse doce caseiro. rsrsrs
.
Para não dizer que só destaco a beleza feminina dos municípios como é o exemplo de Maysa Martini - foto de abertura dessa matéria...
.
Para agradar as moças, foto do Estevam Espírito de Melo que é o responsável pelo som e informática do auditório da Prefeitura de Catalão e trabalhou na Conferência
.
Catalão de destaca em Goiás por seu aterro sanitário e coleta e destinação de recicláveis realmente para reciclagem. Conheci no intervalo do almoço o trabalho que serve de exemplo não só para os municípios goianos mas para todo o Brasil e mostro em breve aqui em Educação Ambiental em Goiás.

23/11/2011

CONFERÊNCIA REGIONAL DE MEIO AMBIENTE EM ITUMBIARA
Caminho do Paranaíba
.
Caroline Viola e Poliane Morais, da Agência Municipal de Meio Ambiente de Itumbiara, AMMAI, trabalharam na organização da Conferência Regional de Meio Ambiente. Os municípios reunidos elaboraram e aprovaram propostas que serão apresentadas na Conferência Estadual de Meio Ambiente, em Goiânia, em março de 2012
.
Rio Paranaíba visto da Avenida Beira Rio, em Itumbiara. Do outro lado ja é Minas Gerais. Um detalhe, as águas estavam correndo bem translúcidas mesmo com as chuvas do mês de novembro. Itumbiara em linguagem indígena Tupi significa Caminho da Cachoeira
.
Superintendente Executiva da Semarh Jacqueline Vieira: "A 3º Conferência Estadual do Meio Ambiente é de grande importância para a Semarh e para todo o nosso Estado. Para nós esse projeto é importante porque é a Semarh indo até os municípios e discutindo, debatendo a questão ambiental"
.
Servidoras da Prefeitura de Itumbiara varrem as calçadas da Avenida Beira Rio logo no início da manhã
.
Auditório da Universidade Luterana do Brasil - Ulbra - lotado com mais de vinte municipios participando da Conferência Regional de Itumbiara. Entre eles representantes de Itumbiara, Cromínia, Marzagão, Piracanjuba, Caldas Novas, Joviânia, Panamá, Inaciolândia, Professor Jamil, Edealina, Varjão, Morrinhos, Goiatuba, Pontalina, Rio Quente, Cezarina, Bom Jesus de Goiás, Edeia e Cachoeira Dourada
.
Ponte Affonso Penna vista durante a noite a partir da Avenida Beira Rio. Antes ela era em outro local desde que foi construída em 1908
Superintendente Executiva da Semarh Jacqueline Vieira: "Para nós na Semarh a Conferência de Meio Ambiente é o projeto de maior importância porque estamos levando para as regionais a discussão da Rio+20 que tem como temática a economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza"
.
Local onde antes foi construída a Ponte Affonso Penna entre Goiás e Minas Gerais. "No início da década de 1970, com a construção da Usina hidrelétrica de Itumbiara (Furnas), engenheiros da estatal mudou o lugar de origem da Ponte Affonso Penna para atender a Vila Operária na cidade de Itumbiara (GO) com o canteiro da obra na localidade denominada Araporã (MG). A estrutura de ferro da Ponte Affonso Penna veio da Alemanha até o Rio de Janeiro de navio, depois seguiu até Uberlândia de trem e, de lá para Itumbiara, em carro de boi. A construção da Ponte Affonso Penna significou a ligação do Centro-Oeste brasileiro com as outras regiões do País, já que unia as regiões Sul e Sudeste ao Sul goiano e ao Mato Grosso" (Wikipédia)
.
O presidente da AMMAI José Márcio Margonari e a Superintendente Executiva da Semarh Jacqueline Vieira da Silva
. Ponte principal que liga Goiás e Minas Gerais a partir de Itumbiara. Ligação muito importante com o Sul e Sudeste do país
.
Jacqueline Vieira concedendo entrevista para a TV Anhanguera, filiada a Rede Globo
. Sinalização na avenida Beira Rio 'Paranaíba' em Itumbiara
. Momento da execução do Hino Nacional na Abertura da Conferência Regional de Meio Ambiente em Itumbiara
.
No município de Itumbiara área com plantações de cana-de-açúcar, hoje cana do etanol (plantio direto), outra área preparada para plantio em novembro, áreas com reservas legais e Áreas de Preservação Permanente e topos de morros
. Elaine Gomes fez as leituras de propostas de seu grupo
. As veredas com os buritis. Se tem buriti normalmente há água. E se a água secar os buritis também não resistem
.
Grupo de discussão do subtema Agroextrativismo. Outros grupos discutiram Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), Comitês de Bacias Hidrográficas, Unidade de Conservação e ICMS Ecológio e Política Estadual de Resíduos Sólidos
.
Fazenda com criação de gado mas poucas árvores de médio porte. O gado também precisa de sombras e no cerrado essa função muitas vezes é de pequis, barus, aroeiras e outras espécies
.
Grupo do subtema Agroextrativismo discutindo e elaborando propostas que foram aprovadas na plenária e serão levadas para a Conferência Estadual de Meio Ambiente em Goiânia em março de 2012
.
Só restou um pequizeiro. As árvores facilitam a infiltração da água da chuva no solo e já o gado compacta o solo e facilita erosões. Precisamos da carne mas menos árvores mais consequências para o meio ambiente
. Grupo do subtema Agroextrativismo
. De um lado do curso d'água a Área de Preservação Permanente preservada...
. Entrevista de Jacqueline Vieira da Silva a Rede TV
. A cidade de Itumbiara vista da Ponte que liga Goiás a Minas Gerais
.
Do alto da ponte que liga Goiás a Minas Gerais a vista de Itumbiara e do Rio Paranaíba refletindo o azul do céu com nuvens de novembro
. Em meio a plantação de cana-de-açúcar, ou melhor, cana de etanol, a Reserva Legal
.
Relator Hythalho Vieira apresentando propostas do subgrupo Extrativismo e defendendo propostas para os jovens
. Aqui termina Goiás e começa as Minas Gerais
.
Equipe de Rio Quente presente na Conferência Regional de Meio Ambiente em Itumbiara
.
Na parte baixa Áreas de Preservação Permanentes ou as bem conhecidas APPs. São nelas que se preservam também a água tão importante para a vida e inclusive para as plantações. Sem água, nem plantações nem frutos nem vida
. Relator Jairo Rodrigues fazendo leitura de propostas
.
Terra arada, pronta para plantio e a sempre expectativa que vai chover na hora certa de plantar e parar de chover na hora certa de colher. Tudo em equilíbrio
. Escolha de delegados em Itumbiara para representar vários municípios
.
Armazenagem de grãos porque somos 7 bilhões no planeta e é preciso também termos quantidade de alimentos para tanta gente. Atenção com o meio ambiente, sustentabilidade mas também qualidade de vida
.
Lana Luiza com a pasta da 3ª Conferência Estadual de Meio Ambiente que será realizada em Goiânia no próximo ano
.. Parte da equipe da Semarh e da Ammai - Agência Municipal de Meio Ambiente de Itumbiara
.
O homem e a mulher dependem da terra, depende das águas da chuva que vêm do céu, depende do ar, depende das aves que fazem a dispersão de sementes, das abelhas que fazem a polinização, depende das árvores que dão os frutos, proporcionam sombra e fazem a fotossíntese que do gás carbônico multiplica o oxigênio. Se o homem e a mulher dependem tanto, tanto precisam acima de tudo fazer uso racional e preservar os recursos naturais
..Relatora Tatiane, servidora da AMMAI, apresentou propostas de seu grupo de trabalho
.Fachada da Ulbra em Itumbiara
. Parte da equipe da Semarh em Itumbiara
. Semear a terra...
. Olha o Paranaíba levando junto as águas do Meia Ponte que passa por Goiânia
. Usina para fabricação de álcool a partir da cana
. Edna trabalhando na inscrição dos conferencistas em Itumbiara. A próxima conferência será em Catalão. Até lá.
.
. .